Notícias

02/03/2021

Abertura de comporta do CAC libera águas do São Francisco para açude Castanhão, diz SRH

Foto: Nívia Uchoa

A Secretaria dos Recursos Hídricos (SRH), com apoio das vinculadas Cogerh e Sohidra, liberou nesta segunda-feira (1), a passagem das águas do Projeto de Integração do Rio São Francisco para o Açude Castanhão. A liberação aconteceu com a abertura da comporta do Km 53 do Cinturão das Águas do Ceará, localizada no município de Missão Velha.

Com o acionamento da comporta, as águas percorrerão um total de 300km até o açude Castanhão passando pelo Riacho Seco, Rio Salgado e Rio Jaguaribe. A previsão é que o desague no Castanhão aconteça em 30 dias, beneficiando cerca de 4,5 milhões de cearenses.

Foto: Nívia Uchoa (Foto retirada no site da SRH)

Com a quadra chuvosa vigente, as calhas dos rios estão úmidas e com algum fluxo natural o que vai diminuir as perdas por infiltração, evaporação e por retiradas ilegais, já que com as chuvas não é preciso irrigação. Desta forma, calcula-se que o tempo de percurso será menor do que se fossem liberadas no segundo semestre. Segundo o secretário dos Recursos Hídricos, Francisco Teixeira, o período de liberação das maiores vazões do PISF devem acontecer no primeiro semestre. “O volume líquido de transferência que chegará ao Castanhão sempre será maior no período chuvoso”.

A chegada das águas no Açude Castanhão e posteriormente aos reservatórios da Região Metropolitana de Fortaleza (através do Eixão das Águas), representará um aumento na garantia hídrica humana da RMF, Cariri e Baixo e Médico Jaguaribe, além da melhora na oferta de água para a atividade produtiva rural do Vale do Jaguaribe.

 

Foto: Nívia Uchoa (Foto retirada no site da SRH)

Com a quadra chuvosa vigente, as calhas dos rios estão úmidas e com algum fluxo natural o que vai diminuir as perdas por infiltração, evaporação e por retiradas ilegais, já que com as chuvas não é preciso irrigação. Desta forma, calcula-se que o tempo de percurso será menor do que se fossem liberadas no segundo semestre. Segundo o secretário dos Recursos Hídricos, Francisco Teixeira, o período de liberação das maiores vazões do PISF devem acontecer no primeiro semestre. “O volume líquido de transferência que chegará ao Castanhão sempre será maior no período chuvoso”.

A chegada das águas no Açude Castanhão e posteriormente aos reservatórios da Região Metropolitana de Fortaleza (através do Eixão das Águas), representará um aumento na garantia hídrica humana da RMF, Cariri e Baixo e Médico Jaguaribe, além da melhora na oferta de água para a atividade produtiva rural do Vale do Jaguaribe.

 

FONTE: https://www.srh.ce.gov.br/abertura-de-comporta-do-cac-libera-aguas-do-sao-francisco-para-acude-castanhao/

Deixe seu comentário

veja mais notícias

Enquete

O que você pretende fazer para reduzir o consumo de água em sua casa?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
#